Blog

O que é um Operador de Ponto de Carregamento (OPC)?

5 min

Powerdot

À medida que a popularidade dos veículos eléctricos cresce, são cada vez mais as empresas que consideram a possibilidade de instalar estações de carregamento de veículos elétricos nas suas instalações. Embora esta seja uma excelente forma de atrair os proprietários de carros elétricos e apoiar a transição para um sistema de transportes mais limpo e sustentável, também apresenta vários desafios. Em particular, a operação e manutenção de uma estação de carregamento de veículos elétricos sem um Operador de Ponto de Carregamento (OPC) pode ser difícil e dispendiosa.

Descubra mais sobre o papel de um Operador de Ponto de Carregamento para garantir o bom funcionamento e a manutenção dos postos de carregamento de veículos elétricos, a gestão dos pagamentos e faturação dos utilizadores, o apoio ao cliente e o cumprimento dos requisitos regulamentares.

 

A importância dos operadores de pontos de carregamento no carregamento de carros elétricos

Um (OPC) é uma empresa que possui e gere a infraestrutura de carregamento para veículos elétricos. Isto inclui os postos de carregamento físicos, bem como o software e as redes que os unem.

Os Operadores de Pontos de Carregamento desempenham um papel fundamental na utilização de veículos elétricos, ao garantir que os condutores têm acesso a soluções fiáveis e convenientes para carregar os seus automóveis enquanto se deslocam: por outras palavras, promovem o sistema de carregamento no destino. São também responsáveis pela instalação, manutenção e atualização das estações de carregamento, bem como pela gestão dos sistemas de faturação e pagamento que permitem aos condutores a sua utilização

Um OPC pode operar em vários modelos de negócio, desde empresas com fins lucrativos a serviços públicos. Os carregadores de veículos elétricos fazem cada vez mais sentido na área do comércio e, ao estabelecerem parcerias com um OPC de confiança, as empresas podem reduzir os desafios associados à operação e manutenção dos seus postos de carregamento, permitindo-lhes concentrarem-se nas suas operações principais, ao mesmo tempo que prestam um serviço valioso à crescente comunidade de utilizadores de carros elétricos.

 

Principais desafios em gerir uma estação de carregamento de veículos elétricos sem um OPC

Gerir um posto de carregamento de veículos elétricos sem um OPC não é impossível. Com os conhecimentos e experiência adequados, as empresas podem instalar e gerir com sucesso os seus próprios postos de carregamento de veículos elétricos. No entanto, isto pode exigir um grande investimento de tempo, recursos e conhecimento, o que talvez não seja viável para todas as empresas.

Fizemos uma análise e em seguida, enumerámos os 4 principais desafios em gerir uma estação de carregamento de carros elétricos sem um operador de pontos de carregamento:

 

1. Falta de experiência

Um dos principais desafios da gestão de uma estação de carregamento de automóveis elétricos sem um OPC é a falta de experiência e conhecimento. Os Operadores de Pontos de Carregamento são normalmente especialistas em carregamento de veículos elétricos e em matéria de legislação, prestando assim um apoio e orientação fundamentais às empresas que pretendem instalar estações de carregamento.

Sem um OPC, as empresas terão dificuldade em compreender os aspetos técnicos do carregamento de VE e poderão não ter os conhecimentos necessários para instalar e preservar devidamente as suas estações de carregamento. A atividade dos Operadores de Pontos de Carregamento é geralmente regulada pelas autoridades de controlo público competentes no país.

 

2. Custos de instalação e de funcionamento

Existem custos de instalação e de manutenção associados às estações de carregamento de veículos elétricos. Os principais custos são apresentados abaixo:

 

  • Custos de equipamento: O custo inicial de aquisição da infraestrutura de carregamento, incluindo estações de carregamento, transformadores, conectores, cabos e outro equipamento necessário.
  • Custo da ligação à rede: se a sua estação de carregamento fornecer uma potência elevada (o que será o caso se pretender que os clientes carreguem os seus veículos elétricos enquanto fazem as suas compras), muito provavelmente necessitará de uma ligação à rede independente.
  • Custos de instalação: Despesas relacionadas com a instalação de postos de carregamento, tais como trabalhos elétricos, licenças e preparação do local.
  • Despesas de eletricidade: O custo da eletricidade consumida pelas estações de carregamento, que pode variar consoante as tarifas locais, a velocidade de carregamento e o número de sessões de carregamento.
  • Ligação à rede: Se os postos de carregamento necessitarem de uma ligação à rede para efeitos de monitorização, faturação ou identificação do utilizador, poderão existir custos associados à instalação e manutenção de uma ligação segura à Internet.
  • Apoio ao cliente: Atribuição de recursos para questões de clientes, resolução de problemas e assistência aos proprietários de carros elétricos que utilizam as estações de carregamento.
  • Processamento de pagamentos: Se os postos de carregamento aceitarem pagamentos, pode haver custos associados aos serviços de processamento de pagamentos ou à adoção de um terminal de pagamentos.
  • Compatibilidade: se deseja permitir que os utilizadores utilizem todos os tipos de aplicações e cartões, terá de dispor de um sistema totalmente flexível com integrações sem problemas.

 

3. Custos de manutenção

Outro desafio de operar uma estação de carregamento de veículos elétricos sem um Operador de Pontos de Carregamento é o custo de manutenção e reparação. As estações de carregamento de veículos elétricos requerem manutenção e assistência técnica regular e as reparações podem ser dispendiosas.

Sem o apoio de um OPC, as empresas terão de suportar estes custos por si próprias, sendo um encargo significativo. Isto torna o investimento em postos de carregamento de veículos elétricos difícil de justificar, especialmente se as empresas não conseguirem recuperar os custos através das taxas de carregamento ou de outros fluxos de receitas.

 

4. Falta de uniformização

Outro desafio em operar uma estação de carregamento de carros elétricos sem um OPC é a falta de uniformização, uma vez que não existe atualmente uma norma universal para o carregamento de automóveis elétricos. Este facto poderá ser um problema para os proprietários de veículos elétricos, tendo em conta que não saberão ao certo quais os postos de carregamento que podem utilizar. Sem a assistência de um OPC, as empresas podem ter dificuldade em percorrer as várias redes e normas de carregamento e não serão capazes de oferecer aos proprietários de veículos elétricos as opções de carregamento de que necessitam.

 

Conclusão

A gestão de um posto de carregamento de veículos elétricos sem um operador de ponto de carregamento pode ser difícil e dispendiosa. Sem o apoio e a experiência de um OPC, as empresas terão dificuldade em compreender os aspetos técnicos do carregamento de veículos elétricos e terão de suportar sozinhas os custos de manutenção e reparação.

Isto dificulta a justificação do investimento em estações de carregamento de veículos elétricos e limita a disponibilidade de opções de carregamento para os proprietários de VE. Embora o funcionamento de um posto de carregamento de automóveis elétricos sem um OPC não seja impossível, como referimos anteriormente, é importante que as empresas considerem cuidadosamente os desafios e os custos envolvidos antes de decidirem fazê-lo.

A Powerdot é um operador de pontos de carregamento presente em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Luxemburgo e Polónia, com mais de 2.700 pontos de carregamento em funcionamento e mais 7.000 em instalação. Oferecendo uma solução 100% chave na mão, a Powerdot investe, instala, opera e mantém os postos de carregamento, sem necessidade de qualquer investimento por parte da empresa. Pode solicitar um contacto aqui para compreender o funcionamento da parceria e como a instalação de postos de carregamento pode valorizar o seu parque de estacionamento.

 

Fique a par de todas as
novidades Powerdot:

Top 6 carros elétricos do futuro: os modelos mais esperados

Carros elétricos: um futuro promissor e sustentável em Portugal

Carros elétricos: um futuro promissor e sustentável em Portugal

The role of EV chargers in the future of the retail experience

O papel das estações de carregamento de veículos elétricos no futuro da experiência do comércio

Powerdot e miio lançam Autocharge em Espanha e França, com previsão de lançamento em Portugal até final deste ano

Powerdot e Miio lançam Autocharge em Espanha e França, com previsão de lançamento em Portugal até final deste ano